Posts da categoria ‘Histórias de Motel’

MOTEL

Aconteceu em dezembro. Foi numa cidade banhada pelo Rio Taquari. O cara decide festejar o primeiro ano de namoro. Ele então convida a moça para a comemoração no motel.

Ela do tipo morena, 1,72 cm de altura, 55 quilos, seios fartos; aceita. “Um espetáculo!”, diz quem relata a história para nós.

Na noite, no motel, rola champanha, acessórios e filmes.

Após carícia, champanha, apertos, mais champanha e mordidas ele elogia as nádegas da moça. Ela entende a dica e aceita o pedido comentando que nunca tinha feito, mas tinha curiosidade. A vida é cheia de emoções e você entendeu o que eu quero dizer, pois não posso detalhar.

Conclusão, evitando pormenores, a moça não resiste a pressão na cintura e o pior acontece. O mau cheiro invade o quarto. O clima entre o casal é de constrangimento.

Nesta altura imagino que você deve ter entendido o que quero dizer. A ousadia deixou marcas e cheiros.

Na hora de pagar, na portaria, o dono do motel quer mais R$ 100 reais para a limpeza. O cliente não quer pagar. O dono ameaça chamar a BM. Ele leva a moça para casa e traumatizado decide romper o namoro.

Comentar