Curtas #364

Noite de Festerê – 1

A cidade de Lajeado tem como um dos atrativos os veículos de som. Ou seja, carros com equipamentos sonoros que fazem publicidade de marcas, produtos e serviços, no centro, durante o horário comercial. Há quem reclame.

Noite de Festerê – 2

Também tem festas em postos de combustíveis, nas regiões do Walmart e na Univates.  É onde as tribos se reúnem. E também alguns motoristas que são Djs móveis. Eles botam um “bate estaca” e saem rodando. Há quem reclame.

Noite de Festerê – 3

Feitos tais relatos, todos conhecidos, vamos ao fato novo. No Bairro Montanha, num apartamento o barulho é grande e os vizinhos do prédio não dormem à noite. É que lá a festa é grande entre um casal. Gritos, gemidos, sussurros, feitos durante o rala e rola, acabam acordando o prédio, a vizinhança e a rua. Nada contra os caras se divertirem, mas os outros necessariamente não precisam ficar sabendo ou acompanhar. Se o prazer é despertar  estímulos carnais em terceiros, então que coloquem uma arquibancada com telão. Eu vou evitar de dizer o nome da rua. E só estou fazendo o relato pois o leitor/morador, comentou o fato pela segunda vez.

Noite de Festerê – 4

Conclusão: Lajeado (a população) adora chamar a atenção! Sim, é a Cidade das Celebridades!

Estrela – 1

Há quem veja ruídos no convênio a ser assinado entre a Corsan e Prefeitura de Estrela a ser assinado em breve.

Estrela – 2

O contrato esteve parado por três anos. O vice-prefeito, Valmor Griebeler (PT) é conselheiro da Corsan desde 2011.  Isto pode significar choque de interesses.  Como curiosidade, outro dado: Na posse de Griebeler na Corsan, quem secretariou a reunião foi o hoje prefeito de Lajeado, Luis Fernando Schmidt (PT).

 

Comentar